23°
Máx
12°
Min

Juízes e promotores protestam contra manobra ‘pró-corrupção’ do Congresso

(foto: Altair Souza/Rede Massa) - Juízes e promotores protestam contra manobra do Congresso
(foto: Altair Souza/Rede Massa)

Juízes e promotores de Londrina fizeram protestos no início da tarde desta quinta-feira (1º) em frente ao Fórum no Centro Cívico e em frente à Justiça Federal, na avenida do Café.

O alvo foi a decisão da Câmara dos Deputados, na madrugada de quarta-feira (30), de desfigurar o projeto das ‘Dez Medidas contra a Corrupção’, encabeçada pelo Ministério Público Federal, que reuniu mais de dois milhões de assinaturas.

“Nós, Juízes e Promotores de Justiça de Londrina e região, neste momento crucial de afirmação de nossas instituições e da própria democracia brasileira, manifestamos, neste ato, profunda preocupação com esta iniciativa que fulminará a independência do Ministério Público e do Poder Judiciário brasileiros, lançando ao campo da ilegalidade a essência de suas atribuições”, afirma uma carta entregue pelos magistrados.

“A alteração do texto não coíbe abusos de autoridade, não corrige equívocos do Ministério Público e do Poder Judiciário, ao contrário, transforma Juízes e Promotores de Justiça em burocratas intimidados, incapazes de cumprir sua árdua missão institucional de contrapor interesses em nome da democracia e da probidade”, completa.

Na carta, os juízes afirmam confiar no Supremo Tribunal Federal para reverter as alterações feitas ao projeto original. “A autonomia e a independência do Poder Judiciário e do Ministério Público não são direitos de Juízes e Promotores de Justiça, são garantias do cidadão brasileiro”, encerra a carta lida durante os protestos.