21°
Máx
17°
Min

Justiça mantém prisão de jovem acusada de 20 furtos a comércio em Maringá

Heloísa Rolim de Moura veio de Curitiba (Foto: Divulgação) - Justiça mantém prisão de jovem acusada de 20 furtos a comércio
Heloísa Rolim de Moura veio de Curitiba (Foto: Divulgação)

Acusada de pelo menos 20 furtos em comércios de Maringá, Heloísa Rolim de Moura teve a prisão preventiva decretada pela Justiça na manhã desta sexta-feira (29). Ela passou pela audiência de custódia e o juiz não permitiu sua soltura, assim como de seu namorado.

Heloísa Rolim de Moura saiu cantando para a audiência de custódia, mostrando-se confiante em responder pelos crimes em liberdade. Porém, voltou bastante contrariada e chegou a derrubar o microfone da equipe de reportagem da Rede Massa, ao ser questionada sobre a prisão preventiva.

(Foto: Índio Maringá/Rede Massa)(Foto: Índio Maringá/Rede Massa)

Já o namorado da jovem, Marco Antonio de Lima Junior, 33 anos, também ficou preso, pois estava em liberdade condicional, acusado de um assalto cometido em Curitiba.  Ao voltar à cela, ele ameaçou a equipe de reportagem da Rede Massa de morte.

O casal veio da capital  do estado e iniciou uma série de crimes em Maringá. Heloísa foi filmada por várias câmeras de segurança, chegando bem vestida a comércios e fazendo furtos tranquilamente, especialmente de celulares. 

Ao ser detida pela Polícia Militar na última terça-feira (26), chegou a fingir um desmaio.

Colaboração Índio Maringá da Rede Massa