21°
Máx
17°
Min

Kireeff suspende obras para conter gastos em Londrina

(foto: N.Com/Divulgação) - Kireeff suspende obras para conter gastos em Londrina
(foto: N.Com/Divulgação)

O prefeito de Londrina, Alexandre Kireeff (PSD), voltou de férias nesta terça-feira (31) e concedeu entrevista coletiva pela manhã, anunciando uma série de medidas de contenção de gastos em decorrência da queda na arrecadação municipal. “Não temos perspectivas, a curto prazo, de mudanças no comportamento da economia nacional. Isso exige tomarmos algumas medidas para continuarmos superavitários até o final do ano, pois apesar de termos o superávit, as receitas foram menores do que as esperadas”, afirmou Kireeff.

Estão suspensas as obras na avenida Aminthas de Barros, a duplicação da avenida Prefeito Faria Lima, a reforma da maternidade municipal, do Pronto Atendimento Municipal (PAM), o Arco Leste e a Unidade Básica de Saúde (UBS) da Vila  Fraternidade.

No setor administrativo, estão cortadas horas extras do funcionalismo público, redução de comissionados na administração direta  e limitação de licença-prêmio.

A arrecadação de impostos no município ficou R$ 28 milhões abaixo do esperado e, somado aos gastos inesperados com os estragos causados pela forte chuva de janeiro, prejudicou o caixa da prefeitura, que ainda registrou superávit de R$ 49,2 milhões. 

Uma nova edição do Programa de Recuperação Fiscal (Profis) deve ser lançada, oferecendo descontos progressivos a devedores de impostos como IPTU, responsável por R$ 21 milhões dos R$ 28 milhões que deixaram de entrar no caixa da prefeitura.

(colaborou Laís Cardoso/Rede Massa)