22°
Máx
14°
Min

Livro "Londrina: olhares sobre o tempo e o espaço" mostra história e geografia da cidade

(foto: Josoé de Carvalho/ACIL) - Livro "Londrina: olhares sobre o tempo e o espaço" mostra história e geografia da cidade
(foto: Josoé de Carvalho/ACIL)

A Secretaria Municipal de Educação lança nesta sexta-feira (17), às 14h, o livro “Londrina: olhares sobre o tempo e o espaço”, que trata sobre a história e a geografia de Londrina e região. Além do lançamento, as escolas municipais participarão de um sorteio de tablets, que serão utilizados como ferramentas didáticas. A solenidade será no gabinete do prefeito Alexandre Kireeff, na Avenida Duque de Caxias, 635, Centro Cívico.

O livro “Londrina: olhares sobre o tempo e o espaço” é destinado aos alunos do 4º ano da rede municipal de ensino. Ele foi elaborado pelas professoras responsáveis pelas áreas de História e Geografia, da Secretaria Municipal de Educação, Eliane Aparecida Candoti e Eliane Teixeira França.

Na obra, as escritoras apresentam os assuntos escolares com a visão da cidade e da região norte do Paraná. Um exemplo disso, é quando apresentam a história e a cultura dos povos indígenas. Elas trazem ao conteúdo informações contidas em documentários sobre as terras indígenas do Apucaraninha, ocupadas pelos Kaingangs. “Tentamos retratar o indígena na nossa região, mostrar um olhar do passado confrontado com a visão do presente, dessa forma, apresentar aos alunos as mudanças ocorridas com o passar do tempo. Não ficamos presas aos fatos passados, porque houve mudanças com a instalação e crescimento das cidades e isso aconteceu para todos os povos”.

A ideia das autoras foi contextualizar os assuntos didáticos, para que os alunos se enxergassem como sujeitos ativos da história e percebessem a realidade na qual estão inseridos. Por isso, as professoras trazem a história dos povos colonizadores (paulista, mineiro, imigrante, afrodescendente e o indígena), a cultura e o modo de vida. Finalizando o exemplar com a mudança da vida rural para a urbana e crescimento dos conjuntos habitacionais, citando como exemplo o Residencial Vista Bela.

O material é um projeto piloto, que adveio da constatação de que não havia um livro didático atualizado com esse conteúdo no Programa Nacional do Livro Didático (PNLD). Para sanar o obstáculo e oferecer aos professores do 4º ano um apoio ao desenvolvimento dos conteúdos e mais informações sobre o município de Londrina, as professores escreveram o livro.

Elas contaram com a experiência em trabalhos de sistematização de conteúdos básicos e como cursistas na formação continuada de professores, além de terem o apoio do Museu Histórico de Londrina, do Centro de Documentação da Universidade Estadual de Londrina (UEL) e de cidadãos que cederam imagens e depoimentos.

A primeira edição teve uma tiragem de 3.100 exemplares, em que foram investidos R$ 30.907,00, advindos de recursos próprios da Secretaria Municipal de Educação. Os livros começam a ser embalados nesta sexta-feira e, então, serão distribuídos às escolas. A distribuição do conteúdo será feita na Biblioteca do Professor, que fica no Centro Municipal de Educação Infantil Clélia Regina Guilherme de Almeida Zotelli, na Rua Amapá, 616, Vila Portuguesa.

Sorteio de tablets 

Além do lançamento do livro, a Secretaria Municipal de Educação irá sortear 630 tablets para 19 escolas municipais de Londrina e um Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI). Cada escola receberá 32 equipamentos e o CMEI receberá 22 itens. Ao todo, 50 unidades de ensino participarão do sorteio.

A intenção é disponibilizar às unidades escolares um laboratório de informática formado a partir de tablets. Para isso, foram investidos R$ 429.653,21, provenientes do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), em conjunto com a emenda parlamentar do deputado Alex Canziani. Com esse recurso, foram adquiridos 861 tablets. A diferença entre os itens comprados e os entregues por sorteio, deve-se ao fato que alguns ficarão à disposição da Secretaria Municipal de Educação.

Além desses, a Secretaria Municipal de Educação adquiriu mais 322 unidades de tablets, que custaram R$ 166.958,89 e devem ser entregues em breve.

(com informações do Núcleo de Comunicação da Prefeitura de Londrina)