21°
Máx
17°
Min

Londrina confirma três mortes por leptospirose

(foto: Pixabay) - Londrina confirma três mortes por leptospirose
(foto: Pixabay)

A secretaria de Saúde de Londrina confirmou a morte de três pessoas por leptospirose, doença bacteriana transmitida pela urina dos ratos.

As vítimas são todas da zona rural de Londrina, sendo que uma delas trabalhava em uma entidade responsável pelo acolhimento de animais.

Segundo o secretário Gilberto Martin, as pessoas precisam ficar atentas ao risco de contaminação. "Produtos acondicionados de forma inadequada, principalmente ração de animais, são um grande atrativo aos ratos, responsáveis pela contaminação. É preciso prestar atenção e cuidar da limpeza para evitar a presença deles", declarou em entrevista ao Tribuna da Massa.

O excesso de chuvas também colabora com a proliferação da bactéria, uma vez que enchentes geralmente carregam lixo contaminado com a urina do rato. Os principais sintomas são febre alta, dor de cabeça, dor no corpo, náusea e vômito. Ao detectar os sintomas, a orientação é procurar imediatamente o médico.

Outra dica é usar água sanitária para fazer a limpeza e desinfecção após fortes chuvas. A água sanitária (hipoclorito de sódio a 2,5%) mata as leptospiras e deve ser utilizada para desinfetar reservatórios de água: um litro de água sanitária para cada 1.000 litros de água do reservatório. Para locais e objetos que entraram em contato com água ou lama contaminada: diluir um copo de água sanitária em um balde de 20 litros de água.