21°
Máx
17°
Min

Londrina ‘devolve’ quase 90 mil doses de vacina contra dengue

(foto: AEN/Arquivo) - Londrina ‘devolve’ quase 90 mil doses de vacina contra dengue
(foto: AEN/Arquivo)

A campanha de vacinação contra a dengue em Londrina atingiu 25% da meta. Foram aplicadas 30.485 doses da vacina, bem abaixo da meta de 120 mil pessoas a serem vacinadas entre os dias 13 de agosto e 24 de setembro.

As doses retornam para a Secretaria de Saúde do Estado (SESA). De acordo com a diretora geral da Secretaria Municipal de Saúde, Eliana Marussi, a SESA já iniciou o recolhimento das doses que sobraram e a segunda aplicação da vacina será realizada em fevereiro de 2017. Para que haja imunização completa é necessário receber três doses, com intervalo de seis meses entre cada aplicação. Todas as pessoas que forem vacinadas nesta primeira etapa terão as próximas doses garantidas. A vacina foi produzida por empresa francesa e aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), após 20 anos de pesquisas.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Gilberto Martin, embora a adesão tenha sido menor do que a esperada, a quantidade de doses aplicadas representa um bom volume de pessoas vacinadas. “Isso significa que criamos um círculo de proteção, porque cada pessoa vacinada, além de proteger a si mesma, protege as demais, na medida em que reduz a velocidade de circulação do vírus”, disse.

O secretário ressaltou que o Município fez o possível para buscar a população alvo da campanha. Ele lembrou que foram ampliados os postos de vacinação e os horários de atendimento, realizados mutirões de vacinação aos sábados, além de terem sido colocados pontos de vacinação em escolas, universidades, faculdades, empresas, shoppings e calçadão. “Colocamos pontos de vacinação em todos os locais possíveis que ficassem próximo da população com esta faixa etária”, disse.

Multivacinação

Até o último sábado (24), 5.800 crianças compareceram às Unidades Básicas de Saúde (UBSs) para a Campanha Nacional de Multivacinação 2016, que iniciou na última segunda-feira (19) e prossegue até o dia 30 deste mês. Destas, 3.500 crianças, ou seja, 60% delas, receberam alguma vacina ou reforço vacinal.

Podem ser vacinadas crianças de zero a menores de 5 anos e de 9 a menores de 15 anos. Os pais ou responsáveis que ainda não levaram seus filhos devem procurar a UBS mais próxima de sua residência, em horário normal de funcionamento. É necessário levar a carteira de vacinação da criança. Se tiverem perdido carteira, basta apresentar documento de identificação do menor.

A multivacinação objetiva resgatar os possíveis atrasos das vacinas recomendadas para cada faixa etária, em 14 vacinas: hepatite A, VIP, meningocócica C, rotavírus, HPV, pneumo 10, febre amarela, varicela, pentavalente, tetraviral, dupla adulto, DTP, tríplice viral e VOP (poliomielite).

(com informações do Núcleo de Comunicação da Prefeitura de Londrina)