22°
Máx
17°
Min

Londrina é a terceira cidade mais acolhedora do país, aponta ranking da Expedia

(foto: Wilson Vieira/Divulgação) - Londrina é a terceira cidade mais acolhedora do país
(foto: Wilson Vieira/Divulgação)

Londrina está entre as 20 cidades mais amigáveis para se viajar do Brasil. Ela aparece em terceiro lugar no ranking da pesquisa divulgada pela Expedia Brasil.

A Expedia é uma empresa americana e uma das maiores agências de viagens online do mundo. A pesquisa reuniu as 20 cidades mais acolhedoras do país, com base em comentários dos usuários da agência. A Expedia considerou o conforto hoteleiro, destacando os motivos para a visita como hospitalidade, comodidade e tranqüilidade. A pontuação mais alta entre as cidades pesquisadas foi de 4.76 de um total de 5 e a última (20ª) obteve uma pontuação de 4.13, de 5. Londrina obteve a pontuação de 4.59.

“Moderna e em constante desenvolvimento, a maior cidade do norte do Paraná ganha pontos com a excelência na prestação de serviços e sua hospitalidade. Destaque para o importante festival internacional de teatro que acontece todos os anos em junho; e as atrações da Rota do Café – roteiro que percorre museus, restaurantes e fazendas históricas, incluindo a Vinícola Casa Müller e sua produção de vinhos coloniais artesanais”, aponta o texto do site da Expedia que descreve Londrina.

“Este é um resultado de um trabalho árduo do Convention em parceria com o trade turístico londrinense, em especial a rede hoteleira e gastronômica local. Sempre digo, que possuímos um ativo natural poderoso. Um patrimônio valioso: o povo londrinense. Nossa gente é surpreendentemente receptiva, calorosa, prestativa e solidária.Recebemos a todos de braços abertos, com em nosso Hino”, disse Reinaldo Junior, presidente do Londrina Convention Bureau.

As 20 cidades selecionadas em ordem de colocação são: Ouro Presto (MG); Olímpia (SP), Londrina (PR); Bauru (SP); Santo André (SP); Itajaí (SC); Gramado (RS); Poços de Caldas (MG); Vitória (ES); Blumenau (SC); São José dos Campos (SP); Tibau do Sul (RN); Cuiabá (MT); São Paulo (SP); Ribeirão Preto (SP); Lagoa Santa (MG); Juiz de Fora (MG); Rio de Janeiro (RJ); Florianópolis (SC) e Arraial do Cabo (RJ).

Para Arnaldo Falanca, executivo do LCB, sermos apontados como um destino acolhedor por turistas de lazer, de eventos e de negócios é meio caminho andando para o crescimento deste segmento na cidade e região. Por outro lado, precisamos urgentemente de investimentos e melhorias em equipamentos turísticos (teatro municipal; moringão, estádios, centro de convenções, entre outros), nos cacifando e capacitando para recebermos eventos de porte e mais turistas em Londrina.

(com assessoria de imprensa)