22°
Máx
17°
Min

Londrinenses ainda têm dificuldade em separar lixo

(foto: Fernando Frazão/Agência Brasil) - Londrinenses ainda têm dificuldade em separar lixo
(foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

A destinação do lixo será tema de reunião pública nesta quarta-feira (13), às 14 horas, na Câmara de Vereadores. Convocado pela Comissão de Administração, Serviços Públicos e Fiscalização do Legislativo, o debate terá como tema a coleta e tratamento dos resíduos orgânicos e recicláveis em Londrina. Foram convidados representantes da Central de Tratamento de Resíduos (CTR); Kurika Ambiental; cooperativas de catadores; secretarias municipais do Ambiente, de Obras e de Agricultura; universidades e Ministério Público.

O presidente da Comissão de Administração, Serviços Públicos e Fiscalização, vereador Amauri Cardoso (PSDB), afirma que um dos objetivos da reunião é reunir os responsáveis pelo serviço no município e identificar por que ainda existem falhas e por que a legislação não vem sendo integralmente cumprida. “De acordo com a lei, pelo menos 30% do lixo orgânico deve ser submetido à compostagem, e este índice não está sendo obedecido”, lembra Cardoso.

Em visita à CTR, no distrito de Maravilha (zona Sul), o vereador constatou que ainda há uma grande quantidade de rejeitos (como lixo de banheiro) e até recicláveis misturados ao lixo orgânico. “Esta é uma questão fundamental. A coleta específica de rejeitos é necessária para o processo de conscientização da população sobre a importância de separar corretamente os resíduos, evitando assim as montanhas de lixo misturado, que ainda vemos atualmente”, aponta o parlamentar.

Durante a reunião também serão discutidas as razões que levam a Administração Municipal a continuar contratando o serviço de tratamento de chorume de outro município e por que os galhos resultantes das podas não são utilizados na compostagem. “A ideia é discutir por que o processo ainda não está caminhando como previsto no contrato e propor soluções”, completa Amauri Cardoso. A CTR de Londrina foi inaugurada em 2010 com a promessa de ser uma unidade modelo no País e resolver o antigo problema do lixo em Londrina.

A Comissão de Administração. Serviços Públicos e Fiscalização é composta ainda pela vereadora Sandra Graça (PRB) e pelo vereador Roque Neto (PR). O debate desta quarta será realizado na sala das sessões da Câmara, com transmissão online pelo site www.cml.pr.gov.br.


(com assessoria de imprensa da Câmara)