22°
Máx
14°
Min

Londrinenses conquistam medalhas em 'Olimpíadas da Ciência' nos Estados Unidos

(foto: Divulgação) - Londrinenses conquistam medalhas em 'Olimpíadas da Ciência' nos EUA
(foto: Divulgação)

As estudantes do ensino médio do Colégio Interativa Adriane Roschel e Amanda Kakuno conquistaram a medalha de bronze na categoria Ciências da Genius Olympiad, evento mundial de iniciação científica que foi realizado na Universidade de Nova York (EUA) entre os dias 12 a 17 de junho.

A dupla concorreu com o Projeto “Produção de β-galactosidase e etanol a partir da fermentação de Kluyveromyces fragilis IZ 275 em diferentes tipos e condições de soro de queijo”, que se baseia na reutilização dos soros de queijo, um resíduo agroindustrial que é descartado pela indústria, dando assim o tratamento correto para este produto e evitando que ele seja despejado de maneira indevida no meio ambiente.

Segundo as alunas, é possível produzir o etanol (biocombustível) e também uma enzima, a β-galactosidase, que é capaz de quebrar a lactose do leite, ajudando assim as pessoas que são intolerante ao leite e seus derivados.

O projeto foi credenciado para a Genius Olympiad após ser classificado na categoria “Melhor diário de Bordo” no Sitec de 2015 (Simpósio Interativa de Tecnologia e Ciências), evento realizado há 15 anos pelo Colégio Interativa e associado da feira internacional.

A premiação aconteceu na última quinta-feira (16 de junho) e as jovens cientistas concorreram com mais de 500 projetos de iniciação científica do mundo inteiro. Elas foram premiadas com medalhas, certificados e uma bolsa de 9 mil dólares anuais para estudarem na SUNY - State University of New York.

O Colégio Interativa atua em parceria com algumas universidades, favorecendo assim o desenvolvimento aprofundado dos estudos realizados. Para a pesquisa bibliográfica e desenvolvimento da pesquisa, as alunas contaram com a ajuda do orientador Fabio Luiz Ferreira Bruschi, professor de Biologia e membro do programa de Iniciação Científica do Colégio Interativa. Já para a parte prática, as alunas Adriane e Amanda contam com a orientação do dr. Luiz Rodrigo Ito Morioka, da Unopar.

(com assessoria de imprensa)