24°
Máx
17°
Min

Maconha a R$ 50 mil o quilo: plantação tinha 300 pés da droga

Policiais de Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba, apreenderam uma plantação de maconha em uma residência no bairro Cercadinho. No local foram encontrados 300 pés da droga, avaliada em R$ 50 mil o quilo.

Um idoso de 64 anos foi preso. Ele era o responsável pela produção artesanal da droga e utilizava equipamentos avaliados em R$ 16 mil. Os policiais encontraram ainda adubos, luzes, ventiladores, aquecedores e produtos próprios para o cultivo, além da droga já triturada.

“Segundo o que nós apuramos até o momento, trata-se de uma quadrilha especializada no tráfico de um tipo de maconha de alto valor de revenda no mercado ilegal, decorrente do grande teor de THC (tetra-hidrocanabinol) contido no entorpecente. Para tanto a quadrilha recruta pessoas mais humildes para realizarem o cultivo dentro de residências mais afastadas, financiando toda a estrutura necessária, indo desde a aparelhagem, adubos e a própria conta de energia elétrica, que por sinal acaba sendo muito elevada”, afirmou o delegado chefe da Delegacia de Campo Largo, Cassiano Aufiero.

Outros dois integrantes da quadrilha foram identificados e a polícia vai solicitar seus mandados de prisão. A investigação continua, para localizar outros envolvidos no esquema, especialmente os donos dos carros de luxo que passavam pelo local com frequência. “Sabemos que a maconha também é produzida por esta quadrilha em outras cidades da Região Metropolitana, sendo que a mesma era vendida para empresários e outras pessoas de alto poder aquisitivo em toda região de Curitiba”, completou Aufiero.

O idoso identificado como Adailton Ferreira foi preso e vai responder por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Colaboração Polícia Civil