21°
Máx
17°
Min

Mais 2,8 mil policiais são nomeados pelo governador Beto Richa

Solenidade de nomeação aconteceu nesta manhã em Curitiba (Foto: Divulgação/Sesp) - Mais 2,8 mil policiais são nomeados pelo governador Beto Richa
Solenidade de nomeação aconteceu nesta manhã em Curitiba (Foto: Divulgação/Sesp)

A partir de hoje (16) o Estado do Paraná conta com mais 2,8 mil policiais, entre Policiais Militares, Bombeiros Militares e Delegados da Polícia Civil. A solenidade de nomeação dos novos servidores aconteceu nesta manhã (16) no Palácio Iguaçu. De acordo com informações da Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp), os policiais devem passar pelos cursos de formação e imediatamente iniciar os trabalhos. Os 2.212 alunos soldados da PM e os 608 alunos do Corpo de Bombeiros farão o curso já na região onde irão atuar após a formatura. Os 64 novos delegados devem concluir o curso na Escola Superior da Polícia Civil em Curitiba. 

Reforço no policiamento para todo o Estado (Foto: Divulgação/Sesp)

Apesar das novas nomeações, a defasagem de policiais ainda existe. Em alguns setores, como o de escrivães, a situação é ainda mais complicada. Segundo o Sindicato dos Escrivães de Polícia do Estado do Paraná (Sindespol), escrivão atualmente é motivo de disputa nas delegacias. O trabalho do escrivão é fundamental para dar andamento aos inquéritos policiais.

A assessoria da Sesp, revelou, no entanto, que tem conhecimento da situação e que um concurso específico para a função de escrivão será realizado em breve. “A Polícia Civil está concluindo os trâmites finais para lançar o concurso para contratação de escrivães”, disse em nota.

Colaboração Assessorias Sinoespol e Sesp