22°
Máx
17°
Min

Mais de 100 policiais civis fazem protesto e paralisam serviços no Oeste do Paraná

PC - Mais de 100 policiais civis fazem protesto e paralisam serviços
PC

Policiais civis cruzam os braços nesta quarta-feira (21) em todo o Brasil. No Oeste do Paraná, a mobilização ocorre nas principais cidades. Em Cascavel, aproximadamente 80 profissionais estão paralisados; em Foz do Iguaçu, 20.

A categoria protesta contra o Projeto de Lei (PL) 257 e a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241. A primeira trata da renegociação de dívidas dos estados com a União. Na prática, os governos vão impor limites nos gastos com serviços públicos. A categoria afirma que a medida provocará sucateamento de instituições públicas e sobrecarga de trabalho. A PEC, por sua vez, limita os gastos públicos e integra o pacote de medidas econômica do presidente Michel Temer (PMDB).

Segundo o delegado sindical de Cascavel, Vanderlei Luiz Malinowski, os policiais não trabalham até as 8h desta quinta-feira (22). “Se acontecer algo grave, como homicídio, saímos para atendimento. Do contrário, ficamos em frente à delegacia". Cerca de 90% da categoria aderiu à mobilização. “Também protestamos contra o fim da aposentadoria especial, aumento da carga horária e congelamento de salários de promoções”, completa.

O Instituto de Criminalística de Foz do Iguaçu está paralisado. Serão atendidas somente chamadas de urgência e flagrantes.