21°
Máx
17°
Min

Mais de 400 moradoras são atendidas com projeto Ser Mulher

(Foto: Divulgação) - Mais de 400 moradoras são atendidas com projeto Ser Mulher
(Foto: Divulgação)

Com o intuito de promover inclusão social e capacitação para gerar renda, a Secretaria de Assistência Social de Pato Branco desenvolve o Projeto Ser Mulher desde 2015. São oficinas de corte e costura, cabeleireiro, artesanato, dança, informática, confecção de sabão, crochê, tricô, pintura, bordado em chinelo e ginástica. Atualmente, são mais de 400 mulheres participantes das oficinas e também de palestras.

Para a secretária municipal de Assistência Social, Anne Cristine Gomes da Silva, o projeto é importante, pois integra as mulheres e gera mudanças sociais. “Os cursos refletem na saúde, no bem-estar e na geração de renda das participantes, que podem fazer amigos, aprender algo novo e, ainda, contribuir na renda familiar com os conhecimentos adquiridos através do projeto”, explica.

Adriana Pereira, 29 anos, participa do curso de cabeleireiro e afirma que a motivação inicial foi a de aprender para empreender. “Agora, após esses meses de curso, penso que, futuramente, posso trabalhar em um salão ou abrir um”, salienta.

Para Solange Zat Ropelatto, 50 anos, que participa do curso de corte e costura, o projeto propicia formação plena e favorece amizades. “Começamos aprender desde o básico, como passar a linha e trocar as agulhas, até elaborar costuras mais complexas. Isso é excelente, já estou até fazendo pequenos reparos em roupas lá em casa”, afirma.

A professora do curso de corte e costura, Maria Zeni Grouber dos Santos, diz que o trabalho está sendo muito gratificante. “É muito bom ver a alegria das participantes aprendendo, pois muitas não sabiam nem pregar um botão e, agora, já desenvolvem trabalhos muito bem feitos”, ressalta.

As atividades acontecem na Secretaria de Assistência Social, no CRAS do bairro Sudoeste, no CRAS do bairro São João, no Centro de Musicalização do bairro Alvorada, no Centro Comunitário do bairro Bela Vista e no CREAS. Para mais informações, basta entrar em contato com a Secretaria de Assistência Social, através do telefone (46) 3225-5544.

Colaboração Assessoria de Imprensa.