22°
Máx
14°
Min

Mais de 48 mil são multados em Curitiba por dirigir e usar celular

Multam passaram de 133 mil em 2013 para 139 mil em 2015 (Foto: Divulgação/Detran) - Infrações por uso de celular na direção crescem no Paraná
Multam passaram de 133 mil em 2013 para 139 mil em 2015 (Foto: Divulgação/Detran)

O Detran do Paraná divulgou dados que relevam que a quantidade de multas aplicadas a condutores que dirigem e usam celulares ao mesmo tempo aumentou 4% nos últimos três anos. Os números apontam que em 2015, 139 mil pessoas foram flagradas cometendo a infração enquanto em 2013, foram 133 mil.

O Código de Trânsito Brasileiro prevê duas infrações que envolvem o celular: dirigir com apenas uma das mãos, exceto quando deva fazer sinais regulamentares de braço, mudar a marcha do veículo, ou acionar equipamentos e acessórios do veículo (Art. 252, V); e dirigir utilizando fones nos ouvidos conectados a aparelhagem sonora ou de telefone celular;(Art. 252, VI), que é a que o usuário recebe na prática. São consideradas infrações média, com 4 pontos na habilitação, e multa de R$ 85,13. O uso é proibido mesmo com o carro parado, seja congestionamento ou semáforo.

 “Com a evolução da tecnologia móvel e o crescimento no comércio de aparelhos cada vez mais modernos, usar o celular no trânsito se tornou um comportamento frequente e muito perigoso. O motorista deixa de estar atento ao volante e no que acontece em sua volta para mandar mensagens ou acessar redes sociais”, afirma o diretor-geral do Detran, Marcos Traad.

A psicóloga especialista em trânsito, Joneia Towamoto, explica que no trânsito o condutor já tem vários fatores para se preocupar e insistir usar o aparelho aumenta em até duas vezes o tempo necessário para reação.

“Dirigir exige o raciocínio aritmético (cálculo de aceleração e distanciamento do veículo da frente) e lógico (análise do fluxo dos veículos da frente e de trás). Quando uma pessoa utiliza o celular na direção a reação automaticamente fica mais lenta e faz com que o condutor perca completamente o foco”, alerta.

Segundo ela, a falsa percepção do condutor ter mais habilidade do que realmente tem cria uma sensação de segurança, que permite atitudes imprudentes ao volante.

Cidades

Depois de Curitiba (48.112 infrações registradas), Maringá foi o município que mais apresentou índice de multas por uso de celular na direção (13.893), em 2015. Na sequência aparecem Londrina (9.107), Cascavel (5.535), Foz do Iguaçu (2.855), Ponta Grossa (2.830) e São José dos Pinhais (1.372).

Colaboração Assessoria Detran/Pr