22°
Máx
17°
Min

Mais de 9,5 mil pessoas foram afetadas pelas chuvas no Paraná

Em Imbituva, a chuva de granizo assustou os moradores (Foto: Colaboração) - Mais de 9,5 mil pessoas foram afetadas pelas chuvas no Paraná
Em Imbituva, a chuva de granizo assustou os moradores (Foto: Colaboração)

A Coordenação Estadual de Defesa Civil, em relatório divulgado na manhã desta quarta-feira (13), informou que aumentou para 9.536 a quantidade de paranaenses afetados pelas fortes chuvas que caem no estado desde ontem (12). São 19 municípios atingidos e 2.037 casas danificadas. De acordo com a Defesa Civil, 40 pessoas ficaram desalojadas ou desabrigadas.

O município mais atingido foi Salto do Lontra, na região do sudoeste do Paraná, em função do granizo, que danificou 800 casas e atingiu 3,2 mil pessoas. As outras cidades com maior incidência são Cascavel (duas mil pessoas atingidas e 500 casas danificadas), Imbituva (1.326 pessoas, sendo 20 desalojadas) e Telêmaco Borba (1.003 pessoas e 250 casas danificadas).

Em Curitiba e Região Metropolitana, a cidade mais atingida foi Fazenda Rio Grande, onde 709 pessoas foram atingidas pela tempestade e pelo vendaval. Em São José dos Pinhais, o granizo danificou 36 casas e atingiu 144 pessoas.

A Defesa Civil também registrou ocorrências em Bela Vista da Caroba, Boa Vista da Aparecida, Capitão Leônidas Marques, Curitiba, Guaraniaçu, Lapa, Morretes, Nova Aurora, Pérola do Oeste, Ponta Grossa, Prudentópolis, Santa Izabel do Oeste e Toledo. 

Atualização

A Prefeitura de Curitiba divulgou, às 10h15, que os ventos fortes na noite desta terça-feira (12) afetaram a estrutura do toldo do Armazém da Família na Vila Torres. No entanto, a unidade opera normalmente. Além disto, equipes da Defesa Civil municipal atendem duas ocorrências de destelhamento, nos bairros Cajuru e Tatuquara.

A Defesa Civil Estadual divulgou um novo balanço durante a manhã apontando 9.826 pessoas foram afetadas pelas chuvas no Paraná.