22°
Máx
16°
Min

Mais motoristas e cobradores aprovam indicativo de greve

(Foto: Sindimoc) - Mais motoristas e cobradores aprovam indicativo de greve
(Foto: Sindimoc)

Motoristas e cobradores da empresa Tamandaré Filial, que atua no transporte coletivo de Curitiba, aprovaram na madrugada desta quinta-feira (19) o indicativo de greve. Cerca de 300 funcionários seguiram a decisão registrada em outras assembleias, que vêm sendo realizadas nesta semana pelo Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de Curitiba e Região (Sindimoc) para uma mobilização da categoria contra a cobranças de multas, cujos valores estão sendo descontados dos trabalhadores.

Uma assembleia está programada para a tarde desta quinta na Expresso Azul Araucária, onde trabalham aproximadamente 700 motoristas e cobradores. Até o momento, cerca de 4,3 mil trabalhadores de diferentes empresas já aprovaram o indicativo de greve.

Segundo o Sindimoc, a paralisação deve acontecer caso a Urbs não abra o diálogo sobre a questão. Apesar dos indicativos de greve de cada empresa, o movimento deve ser unificado e resultar em uma manifestação conjunta, provavelmente na semana que vem. O prazo legal para a promoção da greve é de 72 horas após a aprovação do indicativo.

Os trabalhadores alegam que multas de infrações relacionadas à operação do sistema, dos anos de 2011 e 2012, foram desarquivadas e acarretaram no desconto dos salários. Isto iria contra um acordo firmado com a Urbs para a substituição da cobrança pela participação em palestras e cursos.

A Urbs afirma que não há cobrança indevida. De acordo com a empresa, 98% das multas cobradas referentes ao ano de 2012 dizem respeito exclusivamente às empresas e não deveriam ser cobradas dos trabalhadores. Os 2% restantes se encaixam na substituição das cobranças pela participação em reciclagem.