24°
Máx
17°
Min

Manifestação complica trânsito e comércio no centro

A rua Dr. Faivre, no centro de Curitiba, está bloqueada. Integrantes de diversos movimentos sociais, entre eles o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), estão no local e, de acordo com comentários dos ocupantes, devem permanecer ali até a próxima sexta-feira (10).

Manifestantes ocuparam o trecho entre as avenidas Sete de Setembro e Visconde de Guarapuava, em frente à sede do Incra. Eles estão montando um acampamento no local e o acesso de veículos está totalmente impedido. O clima está tranquilo.

“O trânsito está bem complicado. O pessoal precisa desviar pelas outras ruas e a avenida Sete de Setembro está bem cheia”, comentou a empresária Gabriela Jacomel Nogueira, que tem um estabelecimento comercial no trecho interditado pelos manifestantes.

(Foto: Colaboração / Gabriela Jacomel Nogueira)(Foto: Colaboração / Gabriela Jacomel Nogueira) 

Ela conta que a situação está impedindo que seus clientes cheguem até seu comércio de bebidas. “Pela questão de vendas não está ruim porque eles consomem os produtos, mas não está passando carro e meus fornecedores e consumidores não conseguem chegar. Se tiver um cliente que me pedir produtos, vou ter que deixar de atender”, lamentou.

A secretaria municipal de Trânsito (Setran) informou que agentes estão no local para fazer a orientação dos motoristas sobre os desvios. "A desobstrução da via, no entanto, deve ser feita pela polícia ou o batalhão de trânsito, por se tratar de uma questão de segurança pública", afirmou, em nota. Já a Polícia Militar informou que, por enquanto, não irá interferir na manifestação, o que só deve acontecer em casos de necessidade (como brigas ou outro tipo de confusão). Policiais acompanham "de longe" a movimentação.