24°
Máx
17°
Min

Manifestações pró e contra impeachment reúnem poucos

Manifestações pró e contra impeachment reúnem poucos

Cerca de 50 pessoas compareceram ao protesto pró-impeachment em Cascavel, no oeste do Paraná. Um telão foi montado na Praça Rui Barbosa, perto da Câmara Municipal, para a transmissão ao vivo da votação.

"Estamos confiantes que o impeachment será aprovado pelos deputados, mas independente do resultado, o brasileiro é quem vai pagar a conta por tudo o que está acontecendo no Brasil", afirma o empresário Nestor Furlan. Para ele, a mobilização deve continuar para "varrer" os políticos corruptos do Congresso Nacional e também de outras esferas do poder.

Já os manifestantes contrários ao impedimento da presidente Dilma Rousseff (PR) se reuniram na Praça Wilson Joffre, no Centro. Eles cantaram o Hino Nacional e tiveram apresentações culturais na programação. A mobilização foi organizada por grupos ligados ao Partido dos Trabalhadores (PT), Central Única dos Trabalhadores (CUT) e Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

"O Brasil só tem a perder com esse golpe contra a democracia. Acho que a divisão de classes vai se acentuar ainda mais por conta desse golpe que está sendo orquestrado por aqueles que perderam a eleição presidencial", afirma o dirigente petista Alex Paixão.

Colaboração Estadão