24°
Máx
17°
Min

Manifestantes se reúnem na frente da Justiça Federal

(Foto: Allan Costa/Rede Massa) - Manifestantes se reúnem na frente da Justiça Federal
(Foto: Allan Costa/Rede Massa)

Cerca de 50 pessoas se reuniram na frente da Justiça Federal, em Curitiba, na noite desta segunda-feira (9), para protestar contra a decisão do presidente interino da Câmara dos Deputados, deputado Waldir Maranhão (PP-MA), que anulou a votação do impeachment da presidente Dilma Roussef, realizada na Casa em abril.

Os manifestantes levaram bandeiras do Brasil e apitos. Eles bloquearam parte da avenida Anita Garibaldi, no Ahú, onde fica a sede da Justiça federal, local de trabalho do juiz Sérgio Moro, um dos condutores da operação Lava Jato. No local, eles chegaram a inflar um boneco do juiz com uma roupa verde, azul e amarela no formato do traje do super-homem. 

A decisão do presidente interino da Câmara foi ignorada pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), na tarde desta segundo. Durante a sessão, o senador manteve o andamento do processo de impeachment da presidente Dilma Roussef.