21°
Máx
17°
Min

Médicos estão trabalhando sem receber salários

A falta de médicos foi alvo de reclamação na UPA João Samek, em Foz do Iguaçu. Apenas três plantonistas se revezavam no atendimento aos pacientes, nesta sexta-feira (05).

O ideal, segundo o diretor clínico é seis médicos, no entanto, a falta de pagamento dos salários, há quatro meses, tem dificultado os trabalhos. Mesmo sem receber, alguns servidores continuam trabalhando.

A média de atendimentos, por dia, gira em torno de 400. Quem precisa da unidade também retrata a falta de medicamento.

A prefeitura de Foz do Iguaçu já trabalha para solucionar os problemas. Em coletiva, a prefeita interina afirmou que as dívidas na saúde são muito altas, mas que dará um jeito de pagá-las.

Colaboração: Roberta Campos / Rede Massa