22°
Máx
14°
Min

Menina é encontrada presa em galhos; buscas duraram 3 dias

O corpo da menina Yasmim, de 1 ano e 5 meses, foi encontrado preso em galhos no córrego que passa nos fundos da casa da família, no bairro Barra das Estrelas, em Cerro Azul. A menina encontrava-se desaparecida desde a última sexta-feira (26), quando a mãe percebeu as pegadas no quintal da casa. O corpo foi encaminhado para o IML para ser necropsiado.

Um dos familiares foi observar o local, nesta segunda-feira (29) pela manhã, quando se deparou há 500 metros da residência o corpo da menina. O local era uma pequena barragem que tinha sido construída por moradores da comunidade quando se deu o desaparecimento. 

Segundo relato do repórter Lucas Rocha, da Rede Massa, que esteve no local, a barreira foi construída depois da suspeita de que a criança estivesse caído no córrego, que desagua no Rio Ponta Grossa. Com as chuvas constantes dos últimos dias, o volume de água aumentou muito. O que para a família leva crer que o corpo ficou preso e submerso durante o fim de semana. Com o sol, a água baixou e trouxe o corpo para a borda.

Soldados do Corpo e Bombeiros do Grupo de Operações Táticas Especiais (Ghost) estiveram em buscas desde a tarde de sexta-feira (26) quando a mãe percebeu a falta da filha durante o horário do almoço. Segundo relatos da PM, a mãe estaria fazendo almoço quando a filha mais velha saiu e abriu o portão do quintal. Yasmin teria ido atrás da irmã. Quando a mãe se deu conta, a filha menor não estava mais na cozinha, e ao chegar no quintal encontrou marcas de pés em direção ao rio.

Os pais não quiseram falar com a reportagem na segunda-feira, mas deram entrevista no domingo.