22°
Máx
16°
Min

Menores confessaram a autoria do crime que resultou na morte de policial civil

Uma operação desencadeada pelo Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), da Polícia Civil, resultou na apreensão e três menores de idade e na prisão de um homem de 29 anos. Dois dos menores de idade foram apontados pela polícia como sendo os autores dos disparos de arma de fogo que resultaram na morte do policial civil Ubiraci Mendes, de 53 anos.

De acordo com a polícia, durante a ação, foram apreendidos em posse dos suspeitos certa quantidade de maconha e crack, prontos para comercialização. Também foram apreendidos capacetes que teriam sido usados pelos suspeitos no dia do crime, a pistola do policial e dois revólveres de calibre 38.

A polícia revelou que “o menor apontado como autor dos disparos, morava nas proximidades da casa do policial e teria ocorrido uma discussão entre eles”. As investigações levaram a polícia aos suspeitos, sendo que os dois jovens apontados como autores direto, confessaram o crime. A polícia agora segue com as investigações, já que existe a suspeita de que eles tenham, envolvimento com o tráfico de drogas.

Mais presos

O homem que foi preso, identificado como Rodrigo da Cruz Macedo, responderá por posse ilegal de arma de fogo e receptação, uma vez que a arma do policial e um revólver estavam em seu poder, na residência em que morava. Conforme a polícia, ele já tem várias passagens pelo setor policial.

O terceiro jovem, menor de idade que foi apreendido, estava em posse do revólver que foi utilizado no crime. A arma foi encontrada em uma pizzaria no Bairro Campo Comprido. Segundo a polícia, os responsáveis pelo menor, e pelo estabelecimento foram encaminhados a delegacia para prestar esclarecimentos.


O crime

O policial Ubiraci Mendes foi assassinado a tiros na noite de 26 de agosto. Ele estava em um bar, na Vila Sandra, quando foi surpreendido pelos rapazes que chegaram de moto e atiraram.

Polícia apreende menores acusados da morte de policial civil

Colaboração Daniela Borsuk