21°
Máx
17°
Min

Militares e agentes de saúde esclarecem população no Dia D de combate à dengue

População deve fazer verificação em suas casas para evitar criadouros do mosquito (Foto: Fotos Públicas) - Dia D mobiliza população para o combate à dengue
População deve fazer verificação em suas casas para evitar criadouros do mosquito (Foto: Fotos Públicas)

Militares do Exército e da Aeronáutica já estão nas ruas de Curitiba para auxiliar na vistoria de imóveis e entregar panfletos educativos durante o Dia Nacional de Mobilização para o Combate ao Aedes aegypti, neste sábado (13). O vice-presidente da República, Michel Temer, e a ministra da Agricultura, Kátia Abreu, também estão na cidade para acompanhar a movimentação.

São 2,3 mil militares fazendo este trabalho em Curitiba. A mobilização também conta com a participação de agentes públicos para sensibilizar a população para a importância do combate ao mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. Neste primeiro  momento, a prioridade é o diálogo com a população. 

Os trabalhos neste sábado ficam concentrados nos bairros Fanny, Lindóia, Guaíra, Parolin e Prado Velho, Fazendinha, Portão, Água Verde, Santa Quitéria, Seminário, Batel, Bigorrilho, Mercês, Jardim Botânico, Rebouças, Alto da XV, Centro, Cristo Rei, Tarumã, Jardim Social, Hugo Lange, Cabral, Ahú, Bom Retiro, Centro Cívico, São Francisco, Alto da Glória, Bacacheri e a região do Parque Barigui.

Em Curitiba, a ação continua na semana que vem com uma operação de varredura de imóveis, com auxílio dos militares, nos bairros Centro, Jardim Botânico, Cristo Rei, Rebouças e Santa Quitéria.

Militares iniciam a distribuição de panfletos nos bairros de Curitiba (Foto: Isabela Camargo / Rede Massa)

O Dia D contra a dengue está acontecendo em todo o país  e a estimativa é visitar três milhões de imóveisO almirante Ademir Sobrinho, chefe do Estado Maior do conjunto das Forças Armadas, pediu que a população abra as portas aos militares. “[A presença dos militares na ação ocorre] pela facilidade das Forças Armadas de mobilizar uma quantidade tão grande de pessoas. Mas são importantes a credibilidade e as informações da imprensa para que as pessoas abram as casas neste sábado”, disse Sobrinho. As ações contam com a participação de 220 mil homens das Forças Armadas em todo o Brasil.

Fiscalização

A Prefeitura de Curitiba informou que, a partir desta segunda-feira (15), as equipes de saúde pública vão intensificar a fiscalização em todos os tipos de imóveis da cidade. Se houver problemas, os proprietários serão notificados para efetuar a limpeza e a vedação em 24 horas. O prazo anterior era de 10 dias. Após este prazo de um dia, os proprietários podem ser multados caso não adotem as medidas necessárias.

O Paraná registrou um aumento significativo no número de casos de dengue nas últimas duas semanas, chegando a 4,8 mil casos da doença e 25 de zika. Em Curitiba, um homem de 65 anos morreu em decorrência da dengue.

Colaboração Agência Brasil e Prefeitura de Curitiba