24°
Máx
17°
Min

Ministério da Saúde repõe três profissionais do ‘Mais Médicos’ em Londrina

(foto: João Ramondini/Rede Massa) - Ministério da Saúde repõe três profissionais do ‘Mais Médicos’
(foto: João Ramondini/Rede Massa)

Londrina receberá três profissionais para ocupar vagas em aberto do programa Mais Médicos. A cidade havia perdido sete médicos que deixaram o programa neste ano.

No Paraná, serão 48 profissionais repostos, sendo 18 brasileiros formados no exterior e outros 13 cubanos que estão em Brasília regularizando documentação. Os 17 restantes serão selecionados por meio de edital.

“A estratégia do Programa Mais Médicos trará resultados permanentes para o Brasil. O Mais Médicos é um programa permanente, os bolsistas são transitórios até que se completem os objetivos de colocar médicos bem formados e qualificados, atendendo a população nos mais distantes locais do país”, ressalta o ministro da Saúde, Ricardo Barros, que participou de um evento em Londrina nesta sexta (29).

Em todo o Brasil, mais de 1.350 vagas já estão sendo repostas. Dessas, 550 são com médicos cubanos, 305 com brasileiros graduados fora do país e 502 com profissionais que serão selecionados no edital de reposição lançado em julho. A previsão é que mais cerca de 650 profissionais de Cuba cheguem até o fim de agosto, totalizando mais de 2 mil reposições.