28°
Máx
17°
Min

Ministério Público de Sarandi denuncia motorista embriagado por homicídio

(Foto: Divulgação) - Ministério Público denuncia motorista embriagado por homicídio
(Foto: Divulgação)

A 4ª Promotoria de Sarandi (a sete quilômetros de Maringá) denunciou, nesta quarta-feira (25), Pedro Antônio Frasson Filho, 22 anos, por homicídio qualificado e embriaguez ao volante. O rapaz conduzia uma Range Rover que atingiu o GM Celta de Rafael Laraniaga Gomes Capriotti, 28 anos, que morreu.

O acidente aconteceu no fim de março, na Avenida Colombo, a BR-376. Pedro Antônio Frasson Filho dirigia embriagado, furou um sinal vermelho e atingiu o GM Celta a 139 km/h. O impacto foi muito violento e matou Capriotti, que retornava para a casa no momento da colisão.

Inicialmente, Pedro Antônio Frasson Filho foi autuado somente por embriaguez com fiança de R$ 3 mil. Porém, a Justiça revisou a decisão do delegado e reclassificou a situação como homicídio, com fiança de R$ 17,6 mil.

O Ministério Público apurou o caso e encaminhou a denúncia à Justiça. Por medidas de segurança, o acusado está em restrição de liberdade, com monitoramento eletrônico, impossibilidade de se ausentar do país e habilitação suspensa.

A Promotoria divulgou que espera o encaminhamento do réu ao Tribunal do Júri.