22°
Máx
14°
Min

Morador de Cascavel é preso com mais de seis toneladas de maconha em Mato Grosso do Sul

Um morador de Cascavel foi preso na noite desta quarta-feira (16) em Mato Grosso do Sul, dirigindo um caminhão-tanque com mais de seis toneladas de maconha escondidas na carroceria do veículo. A prisão aconteceu durante uma operação realizada entre a Polícia Civil do Paraná e a Polícia Civil do estado vizinho.

De acordo com as investigações, uma denúncia anônima relatou que Rodrigo Sachser, de 31 anos, saiu de Cascavel com o caminhão vazio e só carregou a droga em Ponta Porã, já em Mato Grosso do Sul. A maconha seria levada até Campo Grande e só então Rodrigo voltaria para o Paraná.

Com isso, as equipes policiais dos dois estados se uniram e iniciaram um trabalho de inteligência para apurar a situação. Mais de 25 policiais participaram da operação e se espalharam por diversas regiões de Mato Grosso do Sul até localizar o veículo com as características indicadas na denúncia.

Os policiais abordaram Rodrigo no distrito de Vista Alegre, em uma rodovia há 150 quilômetros de Campo Grande. O caminhão, a droga e o motorista foram encaminhados para a sede da Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico (Denar) de Campo Grande.

Cascavelense é preso com mais de 6 toneladas de maconha em MS

De acordo com a polícia, o trajeto feito pelo motorista demonstrou que ele tentou desviar das barreiras policiais realizadas pela força-tarefa da Polícia Federal e até mesmo da Operação Agatha da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que tem como objetivo reduzir os índices de criminalidade e reprimir crimes transfronteiriços como o tráfico de pessoas, drogas, armas e munições, além de contrabando de mercadorias.

Já na delegacia, o paranaense informou que receberia R$ 5 mil para realizar o transporte da droga. O suspeito foi preso em flagrante por tráfico de drogas e permaneceu na Denar de Campo Grande à disposição da Justiça de Mato Grosso do Sul. Se for condenado, a pena pode variar de cinco a 15 anos de reclusão.

Colaboração: Assessoria de Imprensa da Polícia Civil