20°
Máx
14°
Min

Morador de rua é espancado até a morte e dois suspeitos são presos

Morador de rua é morto com pauladas e 'garfadas'

Duas pessoas foram presas nesta sexta-feira (1º) suspeitas de envolvimento na morte de um morador de rua em Castro, a 40 quilômetros de Ponta Grossa. Eles são suspeitos de espancar a vítima com pauladas e pedradas em uma casa abandonada no cruzamento das ruas Santos Dummont com Comendador Manoel Ribas, na Vila Rio Branco.

Depois de denúncias anônimas, a Polícia Militar foi até o local e encontrou o corpo do andarilho ensanguentado e já sem vida. A vítima ainda não foi identificada. A Polícia Civil também foi acionada e, depois de colher depoimentos, encontrou Juliano José dos Santos, de 32 anos, e Roberto Carlos de Lima Coelho, de 36 anos. Eles estavam com as roupas sujas de sangue, mas negaram a autoria do crime.

O delegado de Castro, Victor Almeida, explicou que a dupla foi presa em flagrante porque estavam com as roupas sujas de sangue, o que indica que eles teriam participado do crime. A dupla foi encaminhada até a carceragem da delegacia de Castro.