28°
Máx
17°
Min

Moradores calculam os prejuízos deixados com o temporal

Moradores calculam os prejuízos deixados com o temporal

A cena ainda é de muita destruição. Os ventos fortes arrancaram telhados, derrubaram árvores e deixaram muitos estragos. Os moradores de Floriano, distrito de Maringá, aproveitaram a manhã deste sábado (16) para calcular os prejuízos deixados com o temporal.

Por todos os lados, casas destelhadas e muita sujeira levada com a força da enxurrada. Postes caíram e o fornecimento de energia elétrica ficou prejudicado.

Na casa de João, o telhado foi arrancado. Ele estava com o filho na hora do temporal.

“Ele veio do Tocantins há seis meses, nunca viu um temporal desse na vida”, disse o morador, ainda abalado com o estrago.

Os moradores aproveitam a trégua da chuva para consertar os estragos. Muitos se arriscam nas alturas, tentando impedir mais prejuízos.

“Um prejuízo de mais de R$ 3 mil, não sei como pagar”, afirma outro morador do distrito.

Conforme a Defesa Civil, três mil pessoas foram afetadas. Sete árvores caíram e 20 casas acabaram destelhadas. O distrito também está sem energia, telefone e sinal de internet.

Moradores que desejarem ajudar os atingidos podem falar com a Defesa Civil pelo telefone (44) 3221-8500 ou com a Guarda Municipal pelo 153.

Colaboração: Geovan Petry / Rede Massa