22°
Máx
17°
Min

Moradores contratam segurança para evitar assaltos a ônibus

Os moradores do bairro Costa Rica, em Ponta Grossa, tiveram uma ideia inusitada para tentar evitar a onda de assaltos ao transporte coletivo. Eles contrataram um segurança particular para atuar nos ônibus que fazem a linha do bairro. Somente neste ano, a cidade registrou 143 assaltos no transporte público, o que faz os usuários viverem momentos de tensão quando precisam usar os ônibus.

Para tentar inibir a ação dos criminosos, os moradores decidiram colocar um segurança particular dentro do transporte coletivo. O contratado, que é morador do bairro, vê a medida como positiva, mas precisou interromper os serviços porque é obrigado a pagar a passagem todos os dias, o que dificulta que ele desempenhe o trabalho todos os dias.

A linha é considerada pelos usuários e funcionários da Viação Campos Gerais (VCG) como uma das mais perigosas da cidade. Segundo os funcionários, já houve dias em que o ônibus foi assaltado duas vezes em uma única viagem. Um motorista que pediu para não ser identificado contou que os passageiros e funcionários que utilizam a linha precisam enfrentar assaltantes todas as semanas e chegou a ser agredido por uma das vítimas.

 Para tentar trazer maior segurança aos passageiros, a Guarda Municipal intensificou as rondas nos bairros com maior número de assaltos a ônibus. Para ajudar no combate à criminalidade, a comunidade tem papel importante fazendo denúncias à GM pelo 153 ou pelo 0800 643 2626, ou para a Polícia Militar pelo 190.

Colaboração Priscila Koteski, da Rede Massa.