28°
Máx
17°
Min

Moradores reclamam do 'Transtorno Norte' em Maringá

Moradores estão confusos com a interdição feita em Maringá do Contorno Norte ou, como foi apelidado pela população, ‘Transtorno Norte’. Entregue no fim de 2014 para desviar o tráfego pesado da Avenida Colombo, o local já sofre com erosão e teve as marginais bloqueadas.

No fim de semana, servidores da prefeitura de Maringá fizeram a sinalização dos trechos interditados. Na segunda-feira (13) foi preciso voltar ao local para reforçar as indicações e reinstalar os tubos de concreto, que foram removidos e trincados pela população para retomar a passagem pelas marginais.

Moradores de Maringá reclamam da necessidade de melhor sinalização e, especialmente, de uma obra tão nova - que custou mais de R$ 400 milhões - já apresentar problemas.

A prefeitura de Maringá destacou que a responsabilidade pelo conserto é do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). Os problemas estruturais foram causados pelas chuvas do início do ano, mas populares acreditam que o problema deveria ter sido previsto durante a execução dos viadutos, como mostra a matéria veiculada pela Rede Massa/TV Tibagi.

Atenção

O ponto da marginal próximo à Avenida Kakogawa teve um dos sentidos interditados para quem chega da via e entra na marginal. O ponto da marginal próximo à Avenida Guaiapó foi totalmente bloqueado em um trecho de 50 metros. As alternativas para quem trafega pelo local são desviar pelas quadras próximas ou utilizar a Avenida Colombo.

Colaboração William Souza e Alex Magosso da Rede Massa