21°
Máx
17°
Min

Morre a atriz paranaense Claudete Pereira Jorge

(Foto: Gilson Camargo) - Morre a atriz paranaense Claudete Pereira Jorge
(Foto: Gilson Camargo)

Morreu na tarde desta terça-feira (19), aos 62 anos, a atriz paranaense Claudete Pereira Jorge. Nascida em Ponta Grossa e com mais de 40 anos de atuação profissional, Claudete participou de mais de 50 trabalhos, entre teatro, cinema e televisão. Também atuava como produtora desde 1972 e diretora desde 2009. O velório vai ser realizado nesta quarta-feira (20), no Teatro Guaíra, em Curitiba.

"Eu sinto muito. Era uma das maiores atrizes do teatro brasileiro. Estou arrasado... é uma perda irreparável. O nosso teatro perde uma das nossas maiores damas", lamentou o secretário de Estado da Cultura, João Luiz Fiani.

Em nota, o presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Marcos Cordiolli, também comentou a perda. "É impossível definir a contribuição de Claudete Pereira Jorge para o teatro e às artes de uma forma geral. Não é possível definir a pessoa Claude Pereira Jorge em toda a sua generosidade e vitalidade. Uma perda inestimável para a cultura e artes do Paraná.”

Carreira

Aclamada por público e crítica, Claudete conquistou no ano 2000 o Prêmio Gralha Azul de Melhor Atriz e o Prêmio Poty Lazarotto de Melhor Atriz Coadjuvante com a peça À Grega. Em 2005 ganhou novamente o Gralha Azul de Melhor Atriz, desta vez com a peça Pico na veia, de Dalton Trevisan e direção de Marcelo Marchioro.

Conquistou também o Prêmio de Melhor Atriz da 2ª Mostra Marília de Cinema e Prêmio de Melhor Atriz do Melhores em Cena.
 Em um de seus últimos trabalhos, atuou no projeto para montagem integral dos 24 Cantos da Ilíada de Homero, realizado por 24 atores, na tradução de Manoel Odorico Mendes, com direção de Octávio Camargo e Luz de Beto Bruel. Claudete fazia o Canto I, da Ilíada.

Colaboração: Assessoria de Comunicação do Governo Estadual