20°
Máx
14°
Min

Morto por engano: alvo de homicídio era irmão de Miguel, acredita família

- Alvo de homicídio era irmão de Miguel, acredita família

Miguel Dias Nunes, 25 anos, assassinado na noite desta quarta-feira (21) no Jardim Morumbi, em Foz do Iguaçu, pode ter sido morto por engano. O alvo seria o irmão dele, Robson Nunes, que saiu de uma cadeia no Paraguai há cerca de um mês.

É nessa possibilidade que a família da vítima acredita. Parentes afirmaram à reportagem que Miguel era um jovem trabalhador, tinha dois empregos e não tinha antecedentes criminais. Ele era açougueiro em um mercado da região e prestava serviços como jardineiro e metalúrgico nas horas vagas.

O rapaz foi alvejado no momento em que chegava em casa após o trabalho. O crime aconteceu na rua Serra Dourada, esquina com Palestra Itália. Miguel foi socorrido pela ambulância, mas morreu assim que chegou ao hospital. 

A Polícia Civil não deu detalhes sobre as investigações. Informou, apenas, que não descarta a hipótese de Miguel ter sido executado por engano. 

Colaboração: Cris Neres/Rede Massa.