22°
Máx
16°
Min

Movimento comemora a aprovação no senado do uso da fosfoetanolamina

Foto: Facebook - Movimento comemora a aprovação no senado do uso da fosfoetanolamina
Foto: Facebook

A defesa pelo uso e liberação do medicamento foi constante na região Oeste. O movimento ganhou forças e apresentou à comunidade os benefícios da fosfo, um poderoso medicamento, que segundo relatos, tem ajudado no combate ao câncer.

O senado aprovou na terça-feira (22) a liberação do uso do medicamento. Com a nova etapa, o grupo luta agora para conseguir a sansão da presidente Dilma.

O projeto já havia sido apresentado na Câmara Federal e teve como relatora a deputada Leandre Dal Ponte. No senado, o relator do projeto foi o senador Acir Gurgacz.

Em poucos minutos, os senadores votaram e aprovaram o projeto de lei. O vereador de Cascavel, João Paulo de Lima, acompanhou toda a movimentação.

Ele foi um dos poucos que abraçou a causa na região e defendeu a liberação e o uso do medicamento.

João Paulo perdeu o pai, vítima do câncer. Foi durante o tratamento, que ele teve acesso a depoimentos de pessoas que usaram o medicamento e fizeram relatos positivos da substância, por isso passou a defender o uso da medicação.

O movimento ganhou forças no Oeste do Paraná. A igreja também se posicionou favorável a liberação da fosfo.

Com a nova etapa vencida, os grupos defensores da substância, passam agora a lutar para que o projeto seja sancionado pelo executivo.