22°
Máx
17°
Min

Movimento faz vigília para cobrar contratações no HU

(foto: Devanir Parra/CML) - Movimento faz vigília para cobrar contratações no HU
(foto: Devanir Parra/CML)

O Movimento Sindical e Popular realiza nesta quinta-feira (21) uma vigília em frente ao Hospital Universitário (HU), cobrando a contratação de mais 252 funcionários e a reabertura total do Pronto-Socorro e da Centro de Tratamento de Queimados. O movimento quer que o governo apresente um cronograma para a reposição dos funcionários.

A ideia da manifestação também é cobrar a prefeitura municipal para pagar a dívida de R$ 26 milhões que possui com o hospital.

A vigília começa às 8h, vai até o meio-dia, retorna às 15h e segue até 18h.

Na terça-feira (19), o governador Beto Richa anunciou a nomeação de 94 servidores para o Hospital Universitário. Apesar da secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior confirmar a nomeação imediata, devido ao tempo que o concurso foi realizado, existe a possibilidade de alguns aprovados não demonstrarem interesse em assumir o cargo.

"As nomeações vão ajudar é claro, mas precisamos de mais agilidade para anuência de vagas abertas por aposentadorias, mortes e até desligamentos. Tratando apenas de reposição de vagas, tínhamos no dia 31 de março deste ano 344 vagas abertas no HU", disse a superintendente Elisabeth Ursi ao participar da sessão da Câmara de Vereadores que tratou do assunto.