23°
Máx
12°
Min

MP aciona prefeito e advogado de Prado Ferreira por serviços particulares

(foto: Divulgação) - MP aciona prefeito e advogado por serviços particulares
(foto: Divulgação)

A Vara da Fazenda Pública de Porecatu acatou pedido do Ministério Público do Paraná, por meio do Grupo Especializado na Proteção ao Patrimônio Público e no Combate à Improbidade Administrativa (Gepatria) de Londrina, que ajuizou ação civil pública contra o prefeito de Prado Ferreira Silvio Damasceno e um assessor jurídico do Município, por ato de improbidade administrativa.

De acordo com investigações do Gepatria, o assessor prestou serviços particulares ao prefeito, de forma ilícita, atuando em demandas nas quais não havia participação do Município e, inclusive, defendendo o prefeito em causas contrárias aos interesses da prefeitura.

O Ministério Público requer a indisponibilidade de bens dos requeridos no valor de aproximadamente R$ 500 mil, considerando-se o dano ao erário e a possível aplicação de multa civil por ato de improbidade administrativa. Além disso, pede o afastamento do advogado de cinco ações nas quais atua sem interesse do Município.

Em caso de condenação por improbidade, também é solicitada a perda da função pública e suspensão dos direitos políticos.

(com informações do Ministério Público)