22°
Máx
14°
Min

MP apura responsabilidade por omissão na garantia de segurança pública

Foto: Arquivo / PRE - MP apura responsabilidade por omissão na garantia de segurança pública
Foto: Arquivo / PRE

A 2.ª Promotoria de Justiça de Quedas do Iguaçu, município do Centro-Sul do Estado, instaurou nesta quinta-feira (10 de março) inquérito civil para apurar responsabilidade por eventual omissão do Estado do Paraná e de seus agentes de segurança no que se refere à garantia da segurança pública em Quedas do Iguaçu. A investigação está relacionada à movimentação de trabalhadores rurais sem-terra na Comarca.

Segundo noticiado ao MP-PR, nesta semana, integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra teriam promovido invasões na região, o que resultou em bloqueio da BR-473, na saída da cidade para Dois Vizinhos; destruição de estufas de produção de mudas da empresa Araupel; e sequestro de uma equipe de jornalistas que tentava fazer a cobertura dos acontecimentos.

O inquérito instaurado visa apurar responsabilidades por eventual omissão em relação à garantia da segurança pública em Quedas do Iguaçu e também à proteção da incolumidade física e patrimonial das pessoas residentes no Município.

Os promotores da Comarca de Quedas do Iguaçu também estão tomando providências no sentido de apurar os eventuais crimes praticados durante as invasões dos últimos dias, para posterior responsabilização dos culpados.

Colaboração: Assessoria de imprensa