22°
Máx
16°
Min

MP processa prefeita e acusa perseguição a jornal e gráfica em Campo Mourão

Prefeitura cassou alvará de gráfica (Foto: Tá Sabendo.com) - MP processa prefeita e acusa perseguição a jornal e gráfica
Prefeitura cassou alvará de gráfica (Foto: Tá Sabendo.com)

O Ministério Público ajuizou uma ação civil em que acusa a prefeita de Campo Mourão, Regina Dubay, e um ex-coordenador geral de Governo do município de improbidade administrativa. Segundo a Promotoria de Defesa do Patrimônio Público, eles cassaram o alvará de funcionamento da gráfica de um jornal, que publicaria notícias contra a administração.

A denúncia apresentada à Justiça – que é fruto da Operação Censura Livre – relata que os acusados alegaram barulho excessivo da gráfica em zona residencial. Porém, o Ministério Público argumenta que o estabelecimento fica em zona comercial e ainda não foi apresentado qualquer laudo comprovando o ruído acima do permitido.

A gráfica era responsável pela impressão de um jornal que circula há quase 50 anos em Campo Mourão, que costuma noticiar as ações judiciais e processos criminais que envolvem agentes públicos e políticos. O fato já teria motivado o corte de publicidade do município ao jornal. 

Na Operação Censura Livre, que deu origem à ação, o MP investigou suspeitas de irregularidades na publicidade e propaganda pela Prefeitura Municipal de Campo Mourão. A assessoria de imprensa do município informou que a Procuradoria Jurídica deve se manifestar sobre o assunto na tarde desta quinta-feira (15).

Colaboração MP-PR