27°
Máx
13°
Min

MPF realiza audiência do caso ‘Pecúlio’

Foto: Arquivo Massa News - MPF realiza audiência do caso ‘Pecúlio’
Foto: Arquivo Massa News

O Ministério Público Federal realiza na tarde desta segunda-feira (15) a audiência para ouvir testemunhas de acusação e defesa dos envolvidos na ‘Operação Pecúlio’.

Os depoimentos serão na sede da Polícia Federal de Foz do Iguaçu. Conforme a assessoria, serão ouvidos réus presos e também alguns que já foram soltos, depois do acordo de delação premiada.

Um dos réus que já está na PF e será ouvido é o ex-diretor do Foztrans, Carlos Juliano Budel. Ele foi preso na segunda fase da Operação Pecúlio.

A ação

A investigação resultou com a operação que levou para a cadeia suspeitos de integrarem um esquema de corrupção que fraudava licitações para a contratação de empresas que fariam obras na cidade. Além disso, há também irregularidades em serviços de saúde, ligados à prefeitura de Foz do Iguaçu.

Segundo o MPF o esquema pode ter gerado um prejuízo de mais de R$ 4 milhões aos cofres públicos. A última fase da operação terminou com a prisão domiciliar do prefeito Reni Pereira. Ele é apontado como chefe da organização.

Entre os envolvidos no esquema estão empresários, servidores, ex-secretários e diretores municipais. Os réus respondem pelos crimes de peculato, corrupção passiva, corrupção ativa e organização criminosa, além de fraudes em licitações.

A defesa dos envolvidos deve falar do caso após as oitivas.

Colaboração: Luciana Barcellos / Rede Massa