22°
Máx
14°
Min

Mulher é acusada de contratar amigo para matar ex em Marialva

Josué Garcia foi encontrado morto no dia 16 de setembro (Foto: Divulgação) - Mulher é acusada de contratar amigo para matar ex
Josué Garcia foi encontrado morto no dia 16 de setembro (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil acredita ter desvendado a autoria de um homicídio registrado em Santa Fé, distrito de Marialva. Nesta quarta-feira (5), o delegado Adriano Evangelista apresentou um casal acusado de matar Josué Garcia, cujo corpo foi encontrado no dia 16 de setembro, parcialmente carbonizado.

Segundo a Polícia Civil, Josué Garcia foi assassinado a mando da ex-companheira Cleonice Aparecida Peruel. Ela teria pagado R$ 1,5 mil a um amigo da vítima, Ruben Gomes da Costa, para cometer o crime na Estrada do Abacateiro, na zona rural do município.

Cleonice tentava reatar o relacionamento com Garcia, sem sucesso, por isso, teria decidido matar o ex. Apresentada nesta quarta-feira como a mandante, a mulher nega o crime.

Já Ruben Gomes da Costa confessa que foi pago para levar o amigo até a estrada rural, onde viu Cleonice supostamente acompanhada de uma pessoa. Porém, o acusado diz que deixou Josué Garcia vivo no local e depois descobriu sobre sua morte.

Para a Polícia Civil foi Costa quem deu uma paulada na vítima e depois colocou fogo em seu corpo, enquanto Garcia ainda estava vivo inclusive.

Colaboração Kelly Moraes da Rede Massa