22°
Máx
17°
Min

Mulher é espancada em assalto no Pilarzinho

Uma mulher ficou bastante machucada após ser agredida na noite de quinta-feira (31), enquanto esperava sua filha chegar da faculdade. Ela estava em um ponto de ônibus na rua Raposo Tavares, no bairro Pilarzinho, em Curitiba, quando dois bandidos em uma moto deram voz de assalto. 

Assustada, ela tentou correr, mas acabou caindo. Os marginais - armados com um revólver - iniciaram uma série de agressões, chutando a mulher várias vezes. Em seguida, eles pegaram o celular da vítima e fugiram.

Ferida, ela foi até um comércio na região, onde pediu ajuda. Após a chegada da filha da faculdade, o marido a encaminhou até uma unidade de saúde para ser medicada.

Um empresário, que não quis se identificar, relatou que a insegurança no bairro é total. Em cinco anos, ele já sofreu 30 assaltos. "O que mais assusta é a violência que vem sendo empregada pelos bandidos. Eles chutam, te jogam no chão, pisam na sua cabeça e te xingam. Eles já chegaram a chutar na barriga da minha filha de 16 anos que havia acabado de fazer uma cirurgia", relatou o comerciante.