26°
Máx
19°
Min

Mulher encontrada morta é identificada em Maringá; IML vê fortes indícios de violência sexual

Mulher é identificada; IML vê fortes indícios de violência sexual

A mulher encontrada morta no estacionamento de um banco, no Centro de Maringá, foi identificada na tarde desta quarta-feira (22). O Instituto Médico-Legal (IML) divulgou que familiares compareceram e reconheceram a vítima como Josiane de Oliveira Santos, 31 anos. Exames das digitais confirmaram.

Os parentes contaram que a mulher já morou em Sarandi e atualmente estava em Maringá, no Conjunto Requião, de onde havia desaparecido há quase 20 dias. O IML ainda apura qual a causa da morte, mas já confirmou que foi um homicídio, com indícios fortes de crime sexual.

Após finalizado, o laudo será enviado para a Delegacia de Homicídios de Maringá. A vítima estava embaixo de ferragens no estacionamento de um banco, na Rua Neo Alves Martins. Ela se encontrava nua, de bruços e apresentava diversos hematomas pelo corpo.

Possivelmente, a mulher foi morta há cerca de cinco dias.