22°
Máx
16°
Min

Mulher espancada até a morte estava grávida de sete meses

Caso segue sob investigação e nenhuma informação sobre motivação ou suspeita foi divulgada (Foto: Regis Teles/ Rádio Itapuã) - Mulher espancada até a morte estava grávida de sete meses
Caso segue sob investigação e nenhuma informação sobre motivação ou suspeita foi divulgada (Foto: Regis Teles/ Rádio Itapuã)

A Polícia Civil de Pato Branco confirmou nesta terça-feira (11) que a mulher que foi estuprada e espancada até a morte no último domingo (9) estava grávida de sete meses. O corpo da mulher, identificada como Simone Padilha de Souza, conhecida por Simoninha, de 28 anos, foi encontrado em uma construção na esquina da Avenida Tupi com a rua Ribeirão Preto.

A perícia apontou que a mulher foi espancada até a morte e havia sinais de violência sexual. A gravidez foi constatada durante o exame de necropsia no Instituto Médico Legal (IML). A Polícia Civil informou que já trabalha com suspeitos e não divulga mais detalhes para não atrapalhar o andamento do caso.