24°
Máx
17°
Min

Mulher mata filha asfixiada após o parto e é solta pela justiça

Foto: Massa News - Mulher mata filha asfixiada após o parto e é solta pela justiça
Foto: Massa News

Uma mulher foi presa na cidade de Altônia, na última quarta-feira (20), logo após confessar que matou a filha asfixiada, pouco tempo depois do parto, na própria casa. Ela foi levada ao hospital onde disse que havia sofrido um aborto. A história causou desconfiança nos servidores que chamaram a polícia.

No interrogatório ela confessou que matou o bebê e escondeu o corpo no guarda-roupas, já que a gravidez não era desejada e nem mesmo os familiares sabiam da gestação. A mãe disse que asfixiou a criança a apertando contra o próprio corpo.

A Polícia Civil abriu inquérito para apurar o caso e prendeu a mulher em flagrante, no entanto uma determinação da justiça possibilitou que uma fiança fosse arbitrada, colocando a mãe em liberdade.

O corpo do bebê foi levado ao IML de Umuarama. A mãe que matou deverá responder em liberdade.