28°
Máx
17°
Min

Mulher morre com suspeita de H1N1; homem é transferido para Londrina

(foto: Pedro Ventura/ Agência Brasília) - Mulher morre com suspeita de H1N1; homem é transferido para Londrina
(foto: Pedro Ventura/ Agência Brasília)

A Secretaria de Saúde de Uraí (26 km de Cornélio Procópio) investiga a morte de uma mulher de 39 anos com suspeita de H1N1. Ela estava internada na Santa Casa de Cornélio Procópio e foi sepultada na manhã de domingo (11) em Uraí.

Segundo Donizete Ruiz Pinha, funcionário da secretaria de Saúde, a mulher tinha outros problemas de saúde que podem ter se agravado com a contaminação do vírus. “Como ela infelizmente veio à óbito, achamos por bem seguir o protocolo, fazendo isolamento para evitar um possível contágio a outras pessoas. Foi coletado material e enviado para exame, mas deve demorar cerca de duas semanas para sair o resultado de confirmação”, pondera Pinha. Os exames são feitos pelo Laboratório Central do Estado (Lacen), em Curitiba.

Outro homem de Uraí foi internado na Santa Casa de Cornélio Procópio com sintomas de H1N1. O caso ainda é tratado como pneumonia, mas, por precaução, já foi iniciado tratamento com Tamiflu. No domingo (10) à tarde, o paciente foi transferido para o Mater Dei, em Londrina, a pedido da família.