24°
Máx
17°
Min

Mulher procura polícia para denunciar que foi estuprada pelo sobrinho em Maringá

Uma moradora de Maringá procurou a 9ª Subdivisão Policial de Maringá para denunciar que foi supostamente estuprada pelo sobrinho. No registro do boletim de ocorrência, ela chorou ao relatar o episódio de violência.

A mulher de 46 anos contou que a mãe do rapaz saiu de casa, momento em que ele partiu para o abuso sexual. Ameaçando quebrar o pescoço da tia, ele teria cometido o estupro. A vítima apresentava marcas roxas pelo corpo e precisou vencer o medo antes de ir até a polícia denunciar o caso, que será investigado. 

Nesta quarta-feira (1º), um protesto contra a cultura do estupro está agendado em Maringá, provocado pelo caso do abuso sexual de uma adolescente de 16 anos no Rio de Janeiro, por mais de 30 homens

Colaboração Índio Maringá da Rede Massa