22°
Máx
16°
Min

Mulher que ateou fogo no ex-namorado é condenada a 18 anos de prisão

(foto: Reginaldo Tinti/Anuncifacil) - Mulher que ateou fogo no ex-namorado é condenada a 18 anos de prisão
(foto: Reginaldo Tinti/Anuncifacil)

Lilian Horn, de 31 anos, foi condenada a 18 anos de prisão em regime fechado após julgamento que durou mais de 12 horas em Cornélio Procópio.

Ela é acusada de atear fogo no ex-namorado. Em 8 de novembro de 2013, Lilian se aproximou de Claudecir Pacheco, à época com 45 anos. A vítima fazia suas orações matinais em uma sapataria e, aproveitando que ele estava com um avela acesa, Lilian jogou uma lata de thinner sobre ele.

As chamas cobriram o corpo do homem, causando queimaduras de segundo grau na cabeça, rosto, pescoço, tórax e pernas. Pacheco foi socorrido por populares e morreu cinco dias depois no Hospital Universitário de Londrina.

Lilian se apresentou na delegacia afirmando que teria ocorrido um acidente. O crime teria sido motivado por ciúmes.

O advogado afirmou que irá recorrer da sentença.

(com informações do Anuncifacil)