Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Mulher que deu à luz com identidade falsa planejava doar criança

Divulgação/Ilustrativa - Mulher que deu à luz com identidade falsa planejava doar criança
Divulgação/Ilustrativa

Uma mulher de 31 anos deu à luz em um hospital de Cianorte usando uma identidade falsa na tarde desta quinta-feira (12). A Policia Militar, por meio de um chamado do Copom, foi ao hospital para prestar apoio ao Conselho Tutelar e Assistência Social em um caso envolvendo falsidade ideológica e tentativa de subtração de criança.

Segundo informações repassadas à Policia Militar pela equipe do hospital, a mulher foi internada na quarta-feira (11) para a realização do parto, que aconteceu na quinta-feira (12).

A assistente social informou que recebeu uma denúncia anônima, dizendo que uma mulher iria realizar um parto e depois doar a criança, por meio ilícitos, a uma mulher de 32 anos. A mulher que adotaria a criança também estava presente na hora da internação da grávida, inclusive, o CPF e o RG informados pela mãe da criança, pertenciam a mulher que receberia o menino.

Depois da denúncia, os funcionários do hospital desconfiaram da situação e chamaram a Assistência Social e o Conselho Tutelar. Durante a tarde, a mãe confessou que cometeu o crime e contou seu verdadeiro. Também afirmou que tinha intenção de entregar o bebê.

Ela disse escondeu a gravidez da família e entrou em contato com a interessada. A receptora já era cadastrada no CNA (Cadastro Nacional de Adoção) e usaria essa justificativa para dizer aos familiares que havia adotado a criança.

Já a receptora contou que grávida foi a Cianorte no começo de dezembro do ano passado, e ficou hospedada em sua casa. A partir de  então, planejaram tudo. Segundo elas, o marido e os familiares não sabiam da situação. 

A mulher foi levada à delegacia. A mãe da criança prestará depoimento assim que receber alta.