26°
Máx
19°
Min

Mulher vai à polícia e acusa irmão de mentir sobre furto de casa em Maringá

Imóvel teria se transformado em mocó (Foto: Índio Maringá/Rede Massa) - Mulher vai à polícia e acusa irmão de mentir sobre furto de casa
Imóvel teria se transformado em mocó (Foto: Índio Maringá/Rede Massa)

A Polícia Civil mudou o curso da investigação sobre o furto de uma casa inteira, supostamente registrado na Vila Morangueira, zona norte de Maringá. A irmã do denunciante se apresentou na 9ª Subdivisão Policial e declarou que o engenheiro Ailton Silvério fez uma falsa comunicação de crime.

O delegado da Seção de Furtos e Roubos, Laércio Fahur, contou que a mulher apresentou documentação em que comprova a demolição da casa, com a aprovação dos irmãos, pois o imóvel havia se transformado em um mocó. A madeira foi guardada para ser vendida, com o dinheiro repartido igualmente entre os parentes.

Segundo a denunciante, Silvério está sem contato com a família há algum tempo após uma briga. Ele chegou a ser detido por violência doméstica, justamente por agredi-la, fato confirmado pela Polícia Civil.

O delegado Fahur vai convocar o engenheiro para novo depoimento e ele pode ser punido, caso fique comprovada a mentira.