22°
Máx
14°
Min

Mutirão vai fazer 200 cirurgias de catarata na fronteira

Foto: Assessoria - Mutirão vai fazer 200 cirurgias de catarata na fronteira
Foto: Assessoria

A 9ª Regional de Saúde e o Hospital Municipal Padre Germano Lauck realizam no fim de semana o Mutirão de Catarata de Foz, ação que faz parte do Mutirão Paranaense de Cirurgias Eletivas e pretende diminuir a fila de espera pelo procedimento. 

A meta é realizar 400 avaliações e 200 cirurgias no sábado, 11, e no domingo, 12. Serão atendidos pacientes de nove municípios da região Oeste, 65% de Foz do Iguaçu. Até o fim do ano o objetivo é beneficiar cerca de mil pessoas.

O trabalho será desenvolvido por uma empresa de São Paulo, credenciada ao Hospital Municipal (HM). São 12 profissionais entre oftalmologistas, enfermeiros e auxiliares administrativos. As cirurgias de catarata serão realizadas no HM, garantido higiene e segurança aos pacientes. 

“É um problema que não diminui com o uso de óculos, somente com o implante de lente intra-ocular”, explicou o diretor técnico da Cristalink, Roberto Cacciari Filho. A empresa utiliza materiais importados e já realizou 2,5 mil cirurgias oftalmológicas no Estado esse ano.

O mutirão começa cedo, a partir das 6h30. “Pacientes que já tiverem a indicação cirúrgica para catarata, saem no fim da tarde com o procedimento realizado em um olho e o agendamento para a cirurgia do outro”, disse o chefe da 9ª Regional, Ademir Ferreira. O Estado pretende ainda ampliar o número de cirurgias em Foz numa parceria com a Secretaria Municipal da Saúde (SMSA) e o Poliambulatório, o que deve ocorrer a partir do mês que vem.

Colaboração: Assessoria de imprensa