28°
Máx
17°
Min

No Dia Mundial Contra AIDS, testes de HIV são realizados no calçadão

Campanha quer estimular reflexão sobre doenças sexualmente transmissíveis (Foto: Marcelo Camargo/ABr) - No Dia Mundial Contra AIDS, testes de HIV são realizados no calçadão
Campanha quer estimular reflexão sobre doenças sexualmente transmissíveis (Foto: Marcelo Camargo/ABr)

Para comemorar o Dia Mundial de Luta Contra a AIDS nesta quinta-feira (1°), a Secretaria Municipal de Saúde de Campo Mourão vai instalar uma barraca no calçadão, em frente ao Bradesco, onde serão realizados testes rápidos de HIV, além de orientações e distribuição de preservativos.

De acordo com a enfermeira Ana Lúcia Cardoso, a campanha deste ano dará enfoque aos jovens de 15 a 24 anos. “A ação busca discutir as questões relacionadas à vulnerabilidade ao HIV/AIDS na população prioritária, sob o ponto de vista do estigma e do preconceito”, explica. 

A inciativa quer estimular o debate sobre a falsa impressão de que a AIDS afeta apenas o outro, distante da percepção de que todos são vulneráveis. Segundo Ana Lúcia, Campo Mourão tem um número de casos de uma pandemia com crescente aumento, especialmente entre os homens.

Atualmente são 388 pacientes em tratamento na Comunidade dos Municípios da Região de Campo Mourão (Comcam). Só este ano, 65 novos casos foram registrados.

Campanha 

A AIDS é uma das doenças que mais mata no mundo. A maioria dos brasileiros sabe que a camisinha é melhor forma de prevenção às DST e AIDS. Mesmo assim, 45% da população sexualmente ativa não usa preservativo nas relações sexuais casuais. Os dados são da Pesquisa de Conhecimentos, Atitudes e Práticas na População Brasileira (PCAP).

Colaboração Assessoria de Imprensa